Seja bem vindo!!
Que Jesus te abençoe!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Namoro Cristão - Defraudação


"Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição, que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus; ninguém iluda ou defraude nisso a seu irmão, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos. Porque Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação. Portanto, quem rejeita isso não rejeita ao homem, mas sim a Deus, que vos dá o seu Espírito Santo." - 1ª Tessalonicenses 4:3.8



Um dos temas mais polêmicos no namoro tem sido como deve ser o contato físico entre o casal. Essa questão tem trazido tantos problemas que muitos casais optam por simplesmente abdicar de qualquer contato físico afim de não correrem riscos. Essa atitude, que num primeiro momento parece ser bem segura, pode trazer sérios problemas depois para a relação. O que precisamos aprender é até onde podemos ir sem cometer pecado.

O maior inimigo no contato físico é a defraudação. Essa palavra aparece como pecado específico em 1ª Tessalonicenses 4.6, nesse texto, inclusive, refere-se a mesma com conotação sexual, e Paulo desafia os crentes à santidade. Defraudar é promover em uma pessoa um desejo que você não pode satisfazer.

No caso do namoro, por exemplo, ocorre quando o rapaz ao acariciar demasiadamente sua namorada, deixa-a excitada, como ambos não podem consumar o ato sexual, ocorre à defraudação. Da mesma forma uma jovem usando uma roupa sensual pode excitar sexualmente o rapaz, cometendo o mesmo pecado. Existem beijos e abraços que não combinam com um namoro santo.

 Se beijar o leva a pecar, não beije, se abraçar o leva a pecar, não abrace, agora se pegar na mão da sua namorada ou do seu namorado o leva a pecar, o melhor a fazer é ir a um psicólogo, pois você tem algum problema. O mundo pressiona rapazes e moças a ter um namoro carnal, sexual, nós, cristãos, somos taxados de antiquados, puritanos ou até "maricas". No entanto, uma relação com sexo e defraudação tem destruído os sentimentos e promovido somente dor e insegurança. É claro que é um grande desafio vencer essa área, mas é plenamente possível, se o casal buscar no Espírito Santo.

O pastor Levi Espínola no Livro, "Perigo da Defraudação", da editora Profetizando Vida, dá algumas dicas para conduzir bem essa área: Evitar namorar todos os dias. Não namorem por muitas horas sozinhos. Não namorem em lugares ermos. Não fiquem a sós na casa um do outro. Não namorem sem antes orar; estudem a Bíblia juntos e estejam sempre em ministério e célula. Evite roupas provocantes...

Como diz o ditado "a situação faz o ladrão", portanto, vigiem para que o pecado da defraudação não destrua o relacionamento de vocês!

Fonte: Guia-me | Sai do Muro | Divulgação: Nos Caminhos do Pai

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!!!!