Seja bem vindo!!
Que Jesus te abençoe!

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

10 princípios para a Restauração de seu casamento.

Depois de anos buscando ao Senhor (quem restaurou meu Casamento em 1991-Enri) e ajudando a outras centenas que também desejavam a restauração, chegamos a conclusão que é necessário para isto, seguir estes 10 Princípios ou Chaves para a Restauração.

1 - Entenda que você não tem um “Problema Matrimonial." Você não tem uma crise conjugal, e sim uma crise espiritual. Esta crise foi permitida por Deus para te conduzir ou te aproximar Dele. Portanto, para obter um Matrimonio Restaurado, você deve buscar uma relação íntima com o Senhor.

2 - Entenda que seus pecados são tão grandes, se não maiores, que os de seu esposo, que pode estar em adultério, drogando-se, bebendo, etc. Se você deseja um Casamento Restaurado, você  DEVE dar uma séria e profunda olhada em seus próprio pecados ao invés de olhar os de seu esposo. A princípio todas as mulheres que têm vindo ao nosso ministério tem estado mais enfocadas nos pecados de seus esposos.
Muitas mulheres, depois de haver lido os livros “Como Deus pode e vai restaurar seu casamento” e “Uma mulher sábia” se dão conta de que eram frequentemente mais responsáveis ou tão responsáveis quanto seus maridos pela falência de seus casamentos. Este princípio fará MUITO MAIS para o coração do seu esposo voltar para você do que todos os demais. È nisto que se baseia Mateus 7: 5 “Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão.”

Mendigando ao Lado de Uma Fortuna

Atos 3
"E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona. E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.

Meus amados irmãos em Cristo Jesus, nesse maravilhoso estudo quero a principio compartilhar com os irmãos a possibilidade de Deus usar a vida de um simples mortal como instrumento de bênçãos e milagres. A Palavra de Deus nos diz que Pedro e João subiram juntos ao templo para orar. Pedro era um homem intrépido, prático, realista, enquanto João era um sonhador, idealista e romântico, mas a Palavra de Deus nos deixa bem claro que por serem simples homens eles tinham algo que faziam a diferença, dois homens que fizeram dos ensinamentos do mestre a sua conduta de direção para a vida eterna. 

Ou seja, mediram os seus passos em direção ao que Jesus tinha preparado para eles. Nos dias de hoje quantos de nós temos tantas promessas e até o prezado momento ainda nada aconteceu, quantas pessoas até acostumaram estarem cultuando a Deus, mas ainda não tomaram a decisão de deixar Cristo tomar posse da sua vida. Dois homens não aparentando serem ricos fisicamente saem em direção ao templo de Deus na intenção de orar, enquanto um homem carregado por outras pessoas também saiu em direção ao templo, mas não na intenção de orar e sim na intenção de mendigar. Pedro juntamente com João vê a cena de um homem coxo carregado por algumas pessoas, o deixarem bem em frente da porta formosa na entrada do templo. 

Vida Espiritual do Casal

"E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus , em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor do Senhor" Ef 55:18-21 


Quando falamos de vida espiritual nos referimos a uma obra que é realizada pelo o Espírito Santo de Deus. (Jo 3:3). Conforme o profeta Ezequiel profetizou Deus estaria trocando o coração duro do homem por um coração de carne e poria neles seu Espírito (Ez 36:26). Assim, podemos entender que é o Espírito de Deus quem aplica a obra redentora no homem (arrependimento, fé, regeneração, santificação – cf. Jo 16:8; Rm 5; 8:26 ). Somente os que andam no Espírito vivem  a plena vida que Cristo tem a oferecer aos que o aceitam como Salvador.