Seja bem vindo!!
Que Jesus te abençoe!

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Você deseja realmente vencer o estresse?


Para você vencer o estresse, deixe Deus ser o Senhor da sua vida espiritual, emocional, física e material. Entregue todas as suas preocupações ao Todo-poderoso. Ele o susterá e jamais permitirá que você fique abalado ou desorientado, sem saber o caminho certo a seguir (leia o Salmo 55.22).
Atualmente, a palavra estresse tem sido excessivamente mencionada. Ele é o vilão destruidor da saúde física, emocional e até espiritual para algumas pessoas. Hoje, existem muitos artigos, textos, documentários e muitas entrevistas que dedicam grande parte do seu espaço a conscientizar as pessoas sobre os efeitos maléficos do estresse, além da urgência e da importância de encontrar as soluções para tal problema.
O estresse é de fato um mal dos tempos atuais e da vida agitada nos grandes centros urbanos ou uma possibilidade natural do ser humano, quando exposto a determinadas situações?

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Aprendendo com os erros dos outros – Parte 01

Aprender sem pensar é tempo perdido.” Confúcio
Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca. (Mateus 26.41)
Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela. (Mateus 5.28)
Decorrido um ano, no tempo em que os reis costumam sair para a guerra, enviou Davi a Joabe, e seus servos, com ele, e a todo o Israel, que destruíram os filhos de Amom e sitiaram Rabá; porém Davi ficou em Jerusalém. Uma tarde, levantou-se Davi do seu leito e andava passeando no terraço da casa real; daí viu uma mulher que estava tomando banho; era ela mui formosa. Davi mandou perguntar quem era. Disseram-lhe: É Bate-Seba, filha de Eliã e mulher de Urias, o heteu. Então, enviou Davi mensageiros que a trouxessem; ela veio, e ele se deitou com ela. Tendo-se purificado da sua imundícia, voltou para a sua casa. A mulher concebeu e mandou dizer a Davi: Estou grávida. (2Samuel 11.1-5)

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Amizade firmada em Jesus!

Hoje vou falar sobre um tema que eu amo. A bíblia diz em Provérbios 18:24 que “existem amigos mais chegados que irmãos”. Digo a vocês que assim acredito. Acredito que um amigo DEVE agir como um irmão, quando este é verdadeiro. Um amigo se preocupa, um amigo ajuda, está ao seu lado em todo o tempo possível.
Sabe qual o maior erro do ser humano, independente de ser ou não cristão? Acreditar muitas vezes que pode ser um super herói e suportar tudo sozinho. Esquecemos que somos de carne e osso, e que sem Jesus não temos chance. Temos que aprender que está na hora de clamarmos pelo nosso melhor amigo, Jesus. O desejo do altíssimo é que confies nele ao ponto de entregar a ele tuas orações com todos os teus segredos (os quais ele já conhece, pois os olhos do Senhor estão por toda terra, e os seus ouvidos atentos ao teu clamor), clamando por seu socorro, ele quer ouvir a tua voz.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Prevenindo o Divórcio Antes do Casamento

O divórcio prevalece na nossa sociedade permissiva. Muitas pessoas hoje entram no casamento não esperando que ele dure. Dizem: "Sim" até que eles achem que dá para se saírem melhor.
Contudo, o divórcio não faz parte do ideal de Deus para o casamento das pessoas. Deus disse que "odeia o repúdio" (Malaquias 2:16). Referindo-se ao divórcio e ao primeiro casamento em Éden, Jesus disse: "Não foi assim desde o princípio" (Mateus 19:8). Já que não havia mais ninguém no Éden, Adão e Eva tinham que fazer com que seu casamento desse certo. O divórcio é o fracasso de um relacionamento que é prometido diante de Deus, até que a morte os separe. Deus julgará "pérfidos" (Romanos 1:31) e "adúlteros" (Hebreus 13:4).
Do lado positivo, um casamento bem-sucedido é uma coisa boa (Provérbios 18:22) e "digno de honra" (Hebreus 13:4). O casamento é tão antigo quanto o homem, instituído no sexto dia da criação (Gênesis 1:26-31; 2:18-25). O sucesso no casamento não é simplesmente encontrar a pessoa certa; é também ser o tipo certo de pessoa! Um casamento bem-sucedido é o equivalente a receber seu doutorado em relações humanas.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Namoro Cristão [6] – Sexo no namoro pode ou não pode segundo a Bíblia?


Um dos assuntos que mais atormenta a mente de casais de namorados cristãos é a questão do sexo no namoro. Por um lado o mundo prega que o importante é o amor e que está tudo liberado desde que os dois se amem e se previnam usando camisinha, afinal, podem ficar doentes com DSTs, podem ter uma gravidez indesejada, etc. Por outro lado vários líderes cristãos apontam que a Bíblia diz que sexo no namoro é pecado. Ainda existe outro lado a se considerar que é o “poder” dos hormônios, que também fazem uma pressão significativa sobre o casal e tentam a todo custo convencê-los de que atender aos desejos hormonais é o que vale.
Qual postura tomar diante das opiniões do mundo, de líderes cristãos e dos próprios hormônios? Eu prefiro adotar a postura bíblica, já que a Bíblia é nosso manual de fé e prática, contém a vontade de Deus para nossas vidas em diversas áreas, inclusive na área sexual. Vejamos então se biblicamente o sexo no namoro é aceitável:

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Três Conselhos Para Vencer a Depressão

Por que estás abatida, ó minha alma? E por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei... Salmo 42:11

Esta mensagem foi escrita para quem anda deprimido ou sofrendo com a perda de muitas batalhas, e necessita desesperadamente de estratégias para ganhar uma guerra. Quero dizer que não importa a situação em que você se encontra, posso profetizar que há certeza de vitória para você, desde que leia os conselhos, guarde e os ponha em prática.

Primeiro conselho: não fique preso ao passado.

Se a causa dos problemas está no passado (e não vou fazer uma lista) cada vez que você fica olhando para trás, um pensamento de amargura pode invadir seu coração. Posso ilustrar isso com o caso do enterro do gato.

Morreu o gato de uma família e as crianças combinaram fazer um enterro solene para o bichano. Como gostaram muito da brincadeira, decidiram deixar o rabo dele prá fora. No outro dia repetiram o enterro. Outra vez deixaram o rabo do gato de fora. A cada enterro, porém, o mau cheiro ia ficando insuportável, até que resolveram parar.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Não Andeis Ansiosos - Como controlar a ansiedade

Não Andeis Ansiosos.

Leitura Bíblica: Mateus 6:25-34

Certa vez o filósofo Montaine disse assim: “A minha vida foi cheia de terríveis infortúnios, a maioria dos quais jamais aconteceu.”

Alguém um dia disse-me: “Sempre me sinto mal quando estou bem, pois sei que vou me sentir mal pouco tempo depois.”

Os antigos militares chineses tinham uma forma especial de torturar os prisioneiros de guerra. Amarravam as mãos e os pés e os punham debaixo de uma caixa d´água que ficava a gotejar. Essas gotas d´água ao caírem incessantemente, se tornavam como o som de golpes de martelo. Os prisioneiros ficavam malucos e morriam. O gotejar constante das preocupações enfraquece as energias vitais de homens e mulheres, provocando-lhes consequências como ansiedade que leva à úlceras; doenças cardíacas, insanidade e até suicídio.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Como saber a direção de Deus para 2014?

Para responder a esta pergunta, analisarei duas situações que considero relevantes quando o assunto é compreender a direção do Senhor para nossa vida: as decisões que tomadas com a orientação de Deus e as que são tomadas sem ela.
Quando tomamos decisões sem, antes, buscar a direção do Senhor, seguimos o nosso raciocínio lógico, deixamos que as emoções nos dirijam e tendemos a trilhar o caminho mais fácil. Consequentemente, perdemos a visão espiritual e preocupamo-nos apenas com o que é imediato. Por isso, em Mateus 6.25, Jesus recomendou: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir.
O homem pode ser enganado pelos seus próprios desejos. Infelizmente, até cristãos se têm deixado conduzir pelos sentimentos, desejos e pelas concepções próprias, tomando atitudes precipitadas; alguns têm baseado a sua fé puramente nas emoções.
As emoções são importantes e devem ser consideradas. Inclusive, a Palavra de Deus afirma que a paz é o árbitro (Colossenses 3.15). Contudo, as emoções, sozinhas, podem até atrapalhar nossa capacidade de raciocinar com clareza. Portanto, não permitamos que elas dirijam a nossa vida.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Namoro cristão [5] – 10 dicas para enfrentar e vencer as tentações sexuais no namoro

Não podemos negar que Deus colocou no homem e na mulher uma atração bastante forte um pelo outro. É claro, porém, que o pecado maculou essa atração, que era bem positiva aos dois, e transformou-a em uma poderosa brecha capaz de fazer o ser humano se afastar de Deus. Hoje gostaria de compartilhar com aqueles que estão namorando, dez dicas para lidar com as tentações que normalmente ocorrem no namoro cristão.
1-) Conheça seu corpo e sua sexualidade. Saiba como você funciona. Hoje com todo o avanço da ciência sabemos bem mais coisas a respeito do nosso corpo e do funcionamento dele. Quando se fala em namoro, precisamos aprender que somos seres sexuados, que somos atraídos pelo sexo oposto e que isso é perfeitamente normal. Devemos também saber que existem sim limites no uso da sexualidade e anormalidades a serem rejeitadas. A sociedade prega o uso do sexo do jeito que o instinto bem entender. Já Deus fez o sexo para ser usado de forma correta (estabelecida por Ele) dentro da relação heterossexual no casamento. Tenha isso sempre em mente dentro de seu namoro cristão. Busque se conhecer melhor para que saiba lidar melhor com você mesmo. Esse é um ponto chave para ter domínio próprio.
Namoro cristão [5] - 10 dicas para enfrentar e vencer as tentações sexuais no namoro
2-) Aprenda que seus hormônios não são crentes. Nunca creia que seus hormônios são convertidos porque não são. Eles agirão de acordo com o que foram programados e, se estimulados no momento errado, farão a parte deles, seja dentro do casamento ou fora dele. Os hormônios não brincam em serviço, pois não sabem se o estimulo que estão recebendo vem de um casal casado ou não. Por isso, nunca brinque com seus hormônios, porque eles não brincam com você. Eles foram colocados no corpo para uma determinada função, mas podem te ajudar a desagradar a Deus se você não tratá-los com sabedoria.
3-) Faça uma aliança com seu namorado (a) para glorificarem a Deus juntos. Quando Deus faz parte do namoro o namoro é diferenciado. Há quem diga que ficar falando sobre Deus no namoro é meio “brochante”. Ledo engano! Quando Deus é o centro do relacionamento, o relacionamento tende a avançar para o sucesso. Mas como Deus pode fazer parte do meu relacionamento? Quando o casal “convida” o Senhor para estar presente em TODOS os momentos. Sim, inclusive naquele momento em que vocês estão dando uns beijinhos. Lembre-se que Deus sabe de tudo e vê tudo, não adianta ignorá-Lo! Faça uma aliança com seu parceiro para sempre buscarem glorificar a Deus nos atos que fizerem no namoro. Isso fará muita diferença para o sucesso da relação.
4-) Ficar muito tempo a sós é dar o ouro ao bandido. Todo casal de namorados não vê a hora de chegar aquele momento em que ficam sozinhos para poderem ter um papo mais “íntimo”. Cuidado com esses momentos! Estender demais os momentos a sós é brincar com os hormônios e se expor demais a uma atração que, por natureza, é muito forte. Busquem ter seus momentos a sós, mas que não sejam em lugares ermos, mas em lugares onde vocês não consigam ou fiquem impedidos de ultrapassar o ponto e cometer exageros. Prefira, por exemplo, ter um momento a sós em um shopping movimentado do que dentro do quarto de vocês.
5-) Saiam mais em grupo do que sozinhos. Uma excelente estratégia para vencer tentações é estar a maior parte do tempo do namoro acompanhados de grupos. Isso fará com que o casal não fique “focado demais” em seus hormônios e gaste mais energia em atividades que façam o casal crescer em seu relacionamento pessoal e social. Quando se fica muito tempo a sós é evidente que chegará o momento em que os hormônios (que não são crentes) só farão aparecer na mente de vocês cinco palavras: sexo, sexo, sexo, sexo, sexo! Já, estando em grupo, sua mente ficará mais relaxada e conseguirá lidar melhor com as tentações que aparecerem, pois elas terão um peso e uma pressão menor.
6-) Cuidado com as conversas sobre assuntos “quentes”. Os nossos hormônios são ativados de muitas formas. Os homens, por exemplo, “esquentam” muito rápido. Isso significa que até mesmo uma conversa mais “quente” pode desencadear no homem uma excitação muito forte e, em alguns casos, quase incontrolável. Por isso, é preciso maneirar nos assuntos quentes. Eles acabarão surgindo no relacionamento naturalmente, mas devem ser tratados com sabedoria. Se estiverem sentido a necessidade de conversarem sobre algo mais “quente”, que desperta em vocês certas vontades, procurem um lugar que impeça que a excitação ganhe peso. Por exemplo, conversar sobre sexo em uma praça pública será muito mais produtivo ao casal cristão do que conversar sobre sexo sozinhos no quarto da namorada. Use sua inteligência em favor daquilo que agrada a Deus.
7-) Quando a coisa começar a esquentar muito ore. Quando eu namorava, percebia que em algumas épocas não era muito fácil controlar as vontades. Alguns dizem que tem questões químicas envolvidas como, por exemplo, quando a mulher está em seu período fértil. O certo é que todo casal passará por esses momentos em que parece que não vão aguentar, que os hormônios parecem tomar as rédeas e dizer: nós comandamos agora. O que fazer? Não vejo outra forma de acalmar tudo isso senão a oração. A oração nos conecta Àquele que é mais poderoso que nossos hormônios. Ele tem o poder de nos fortalecer para que passemos por esses momentos vitoriosos. Sempre tenha em mente que quando estiver casado, de acordo com a vontade do Senhor, poderá aproveitar todo essa química no sentido mais pleno da palavra. Enquanto não chegar esse dia, ore a Deus e acalme essa vontade. Se for preciso se afaste um pouco dela (e) para se recuperar e ter forças para vencer. Afinal, temos vontade de fazer tantas coisas na vida e nem todas elas satisfazemos na hora que queremos, não é verdade?
8 -) Devagar com as carícias, cuidado onde põe a mão. Somos todos seres físicos. Adoramos o contato desde nossa concepção. No namoro não é diferente. O contato com quem amamos parece abrir uma porta gigantesca de sensações deliciosas que adoramos sentir. No namoro, porém, precisamos limitar um pouco essas carícias. Principalmente em que lugares do corpo colocamos as mãos. Todos sabem que existem áreas de nosso corpo chamadas de zonas erógenas. São locais que disparam estímulos muito fortes ao cérebro que culminam em forte excitação. Por exemplo, se você ficar beijando esse zonas em sua namorada, a excitara demais, e ela também começará a te excitar e tudo vira uma bola de neve descendo ladeira abaixo, incontrolável. Por isso, estude um pouco sobre esse tema e vá devagar com as carícias. Se o objetivo dos dois é manter um namoro santo, por que provocar seu parceiro e induzi-lo a desejar incontrolavelmente ter uma relação sexual com você no namoro?
9-) Cuide das roupas que usa. Sabemos que as roupas passam mensagens. Isso é fato. Se você for trabalhar de bermuda e chinelo, normalmente passará uma mensagem negativa a seu chefe, que espera outra postura de você. Dentro do namoro o casal deve ter especial cuidado com suas roupas. Isso não significa que a moça não pode ficar bonita para o rapaz, com uma roupa legal. Significa que deve haver critérios no uso das vestimentas, principalmente por parte das moças, já que a fisiologia masculina é muito baseada na visão. Isso significa que se você vai sair com seu namorado e coloca uma minissaia aparecendo parte do seu bumbum, além de constrangê-lo e dar um péssimo testemunho cristão, irá trazer um problema a ele, pois ele terá muita dificuldade para não ficar olhando para você toda hora. Em outras palavras, você irá acender o pavio da dinamite dos hormônios dele e isso não será bom para o relacionamento de vocês. Ele irá sofrer, pois sabe a vontade de Deus e sabe que seus hormônios não são crentes. Guarde essas “surpresas” que quer mostrar a ele para o momento certo onde você poderá acender o pavio e deixar explodir sem problemas. :)
10-) Pare de pensar só “naquilo”. Alguns casais de namorados pensam em sexo 24 horas por dia. Isso é ruim. É normal pensar em sexo, faz parte de nós, mas pensar só em sexo pode indicar que o caminho que está sendo percorrido no namoro pelo casal está equivocado. Revejam isso. Talvez vocês estejam sensualizando demais a relação. Isso pode ser uma grande porta aberta para cair em tentação. Procurem pensar em outras coisas que também são importantes: guardar dinheiro para o casamento, comprar casa, fazer os planejamentos, organizar seus sonhos, etc. Tudo isso ajuda a dissipar um pouco toda essa tentação na área sexual.
E VOCÊ, TEM ALGUMA DICA PARA ENFRENTAR AS TENTAÇÕES DO NAMORO?

Postado por   no Blog Esboçando Ideias | Divulgação: Nos Caminhos do Pai