Seja bem vindo!!
Que Jesus te abençoe!

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Testemunho - Quando o Inferno Ouve a Voz de Deus

Irmãos, Graça e Paz

Neste texto falo um pouco de minha vida, pois todo aquele que sabe de quem é a vida, dá Glórias ao Pai em público sobre os milagres feitos pelo Senhor.

Hoje quero compartilhar um assunto chamado: Quando o Inferno ouve a voz de Deus!

Estou aqui hoje para compartilhar sobre o poder do Senhor de Resgatar aqueles que estão no fim da linha. Hoje compartilho sobre o maior e majestoso poder do Senhor para trazer de volta os que não tem mais esperança.

Não estou aqui escrevendo para não crentes, todo nós sabemos que eles precisam conhecer a verdade. Estou escrevendo para Crentes como eu e você...pecadores, sujos e carentes de Deus.


Por um bom tempo eu passei por momentos de extrema distância de Deus, conheci a porta do Inferno e o que o inimigo pode fazer com a vida daquele que deixa o Senhor pelo mundo. Meu propósito aqui não é escandalizar, mas é alertar aos meus queridos irmãos. No lugar onde coloco sobre meu pecado, inclua o seu...

Por um bom tempo, eu pensei que poderia administrar pequenos pecados em minha vida e ao mesmo tempo servir ao Senhor. Sabia que o que eu fazia era errado e que Deus não se agradava de mim, mas tinha plena convicção da misericóridia de Deus (para ser mais claro, eu pecava e sabia que depois era só pedir perdão...)

Pensei que poderia levar minha vida deste modo, agradando minha vontade e a Deus...descobri através da dor que não poderia. (todo mundo sabe que é impossível fazer isto, mas todo mundo também faz vistas grossas para certos pecados e acredita que vai conseguir conciliar certas coisas.)

Gostaria de falar um pouco sobre o que é aprender na dor: Tudo começa com um pecadinho, você sabe que é errado, mas sabe que depois é só pedir perdão. Você pede perdão e esta tudo bem..algumas horas depois, voce que novamente fazer algo que desagrada a Deus..é só fazer e pedir perdão.

O pecado é como uma droga, que vicia, que destrói seu espírito lentamente. Geralmente só nos damos conta que precisamos de Deus, quando estamos enterrados até o pescoço na lama..com o espírito morto, com a alma dura e fria e com Deus a milhões de quilometros de nós.

Quantas vezes não pequei contra o Senhor, mesmo sabendo que era errado..."abri a porta para o inimigo e o deixei entrar, mesmo sem a consciência disso..ou sabendo também"

E assim aconteceu, fui pecando, pecando, pecando...e deixei a luta, joguei a toalha de um modo enrustido (nada declarado para mim nem para Deus), pois não existia mais a chama pelo obra, a chama pelo amor e a chama por Deus...eu não tinha mais força para voltar.

Um dia pedi a Deus para que perdoasse meus pecados e me ajudasse a voltar, Deus por sua infinita misericórdia me deu novamente forças...mas depois de um tempo, caí novamente...por quantas vezes isto aconteceu, não foi uma nem duas, nem tres..foram mais de mil vezes (estou falando em numeros reais)

Conheci o que é ter um espírito abatido e inquieto gritando desesperandamente por socorro, um espírito que gritava por salvação e clamava pelo Senhor da vida, clamava por Deus.

Conheci o que é a distância de Deus, o que é querer voltar aos braços do pai e não encontrar forças para isso, já que o pecado tinha colocado suas algemas em meus braços, para que eu não os estendesse. Cheguei ao fundo, sabia que não tinha mais força, não tinha mais esperança, minha única alegria era o pecado, para que eu esquecesse um pequeno momento da acusação do inimigo e da distância do Senhor.

Conheci o que é ler a Bíblia e duvidar, o que é olhar para a obra da cruz e não entender mais, o que é tentar crer e não conseguir.

Não aguentava mais, não aguentava mais a minha vida, não aguentava mais o desespero existente dentro de mim..era o fim da linha para meu espírito.

Alguns dias depois, coloquei-me aos pés do Senhor com a pouca força que ainda restava em mim (por sua misericórdia) e orei ao sobre uma frase: "Se ainda há esperança para mim Senhor, traga-me de volta".

Eu sabia que não tinha força para voltar, mas sabia que se ainda existisse esperança do Senhor, eu precisaria que Ele me pegasse no colo, me segurasse pelos braços e me puxasse para perto Dele. E clamei para que Ele fizesse isso.

Neste momento eu creio que Deus, com sua tremenda força e majestade gritou do alto dos céus para todo inferno ouvir que Ele é quem tem todo comando da vida dos Seus filhos.

E a Sua voz ecoou por todo vale das sombras e da morte, e Satanás ouviu que minha vida é do Senhor.

E o Senhor iluminou o buraco escuro, entrou com sua mão, do modo que pedi, e me pegou nos braços.

A quanto tempo não sentia paz, não sabia mais o que era isso...paz, como este presente de Deus é valioso!

Pude sentir Deus me amando, somente me amando. amor, como isto também é valioso.

Minhas lágrimas corriam, meu espírito estava feliz em sentir aquilo, estava feliz em sentir de novo Deus por perto.

E Deus me lembrou horas depois de que Ele me escolheu como um homem que fará sua obra, como um filho chamado para o ministério. Me lembrou das promessas feitas a mim através de Sua Palavra.

Mas por que estou escrevendo e contando toda esta parte de minha vida a vocês?!? Por que do mesmo modo que Deus fez em mim, Ele faz em qualquer um. Se Deus pode me amar, Ele pode amar qualquer um.

Para que você se lembre das promessas que um dia Ele fez a você, que Ele pode te trazer de volta!

Não conheço sua vida, seus pecados, mas conheço um Deus que resgata seus filhos. Conheço um Deus que grita e sua voz ecoa pelo inferno. E este Deus esta esperando por você de volta, esta esperando somente voce pedir que Ele te pegue novamente nos braços.

Deus somente chama os que tem testemunho, os que tem marcas e cicatrizes para fazer Sua obra.

Se você tem as marcas e as cicatrizes, Deus quer te usar para salvar e ajudar os que ainda estão sendo marcados.

Estaria o Braço do Senhor curto demais para que não pudesse Salvar??

Ainda há esperanca, O inferno ouve a Voz de Deus!!

Isaías, 49:15

"pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti."


Isaías, 61

1 - O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;

2 - a apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;

3 - a ordenar acerca dos que choram em Sião que se lhes dê uma grinalda em vez de cinzas, óleo de gozo em vez de pranto, vestidos de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorif

4 - E eles edificarão as antigas ruínas, levantarão as desolações de outrora, e restaurarão as cidades assoladas, as desolações de muitas gerações.

5 - E haverá estrangeiros, que apascentarão os vossos rebanhos; e estranhos serão os vossos lavradores e os vossos vinheiros.

6 - Mas vós sereis chamados sacerdotes do Senhor, e vos chamarão ministros de nosso Deus; comereis as riquezas das nações, e na sua glória vos gloriareis.

7 - Em lugar da vossa vergonha, haveis de ter dupla honra; e em lugar de opróbrio exultareis na vossa porção; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.

8 - Pois eu, o Senhor, amo o juízo, aborreço o roubo e toda injustiça; fielmente lhes darei sua recompensa, e farei com eles um pacto eterno.

9 - E a sua posteridade será conhecida entre as nações, e os seus descendentes no meio dos povos; todos quantos os virem os reconhecerão como descendência bendita do Senhor.

10 - Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus, porque me vestiu de vestes de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como noivo que se adorna com uma grinalda, e como noiva que se enfeita com as suas jóias.

11 - Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o horto faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor Deus fará brotar a justiça e o louvor perante todas as nações.

Ageu 2:9

9 - A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos exércitos; e neste lugar darei a paz, diz o Senhor dos exércitos.

Fiquem com Deus!
Leonardo Volk Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!!!!